Curso de eletrotécnica – Tire algumas dúvidas e salários da profissão

Hoje falaremos sobre curso de eletrotécnica, veremos que o profissional é bem requisitado nos tempos modernos onde a tecnologia cresce a cada dia. Além disso, existem diversas oportunidades de emprego para os profissionais desse ramo. Contudo, primeiramente, é necessário saber o que faz o profissional de eletrotécnica e todas as características dessa profissão. Vamos lá!

O interessante é que, quando escutamos falar sobre curso de eletrotécnica logo nos vem à mente, um profissional com especialização em eletrônica e elétrica, e é justamente isso que é. A área de eletrotécnica é um ramo da Engenharia Elétrica que faz o estudo do uso de circuitos formados por componentes elétricos e eletrônicos visando sempre, gerar, distribuir, transmitir e armazenar energia elétrica.

 

Sobre o curso de eletrotécnica em geral

A linhagem de empresas que podemos encontrar interessadas nessas atividades são as principais: usinas eólicas, hidrelétricas, termelétricas, solares. Entre muitas outras que foco também seja relacionado à geração e produção e de energia elétrica. É interessante observarmos que toda empresa, indústria, necessita de um profissional com especialização nestas atividades. Pois como pudemos observar ele é o responsável pelas atividades eletroeletrônicas da empresa.

O perfil do eletrotécnico deverá ser crítico, aplicado, atencioso e bem correto em suas atividades, pois esse profissional será responsabilizado por todas as atividades eletroeletrônicas do meio que se encontra.

O técnico em eletrotécnica não precisa obrigatoriamente ter formação superior em diversos casos. Na maioria das vezes é apenas solicitado um curso de nível técnico para atuar na área.
O curso de eletrotécnica ou mais conhecido como curso técnico em Eletrotécnica, tem como o objetivo formar profissionais capacitados para atividades de manutenção, execução de componentes e equipamentos eletroeletrônicos, independentemente de qual seja a forma da empresa, indústria ou prestação de serviços.

 

Onde atua um profissional de eletrotécnica?

O eletrotécnico pode trabalhar em telecomunicações, indústrias metalúrgicas, assistência técnica e até mesmo em construção civil. Onde ele realmente terá mais espaço serão nas empresas voltadas a geração e distribuição de energia.

Abaixo a lista de alguns ramos de atuação do eletrotécnico:

  • Empresas de distribuição de energia elétrica;
  • Empresas de instalação de equipamentos elétricos;
  • Empresas de geração e transmissão de energia elétrica;
  • Empresas de água e saneamento;
  • Empresas de telecomunicações;
  • Escritório de projetos técnicos;
  • Empresas de instalação de equipamentos elétricos;
  • Empresas de venda e representação comercial de aparelhos e equipamentos elétricos;
  • Indústrias de aparelhos elétricos e
  • Profissional liberal.

 

Mais informações sobre a profissão de eletrotécnico

curso de eletrotécnicaCada vez mais as indústrias buscam por profissionais competentes e mão-de-obra qualificada e os técnicos são os mais visados. Ocorre que há uma diferença no que abrange à demanda e quem pode servir de fato. Com isso, as corporações não completam o número suficiente de funcionários e os salários podem superam até o de graduados no ensino superior.



O curso de eletrotécnica oferece uma perspectiva ampla para o profissional e também está disponível em instituições idôneas, sem cobrança de matrícula e nem do curso. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego tem disponibilizado diversas habilidades, com intuito de trazer para o mercado de trabalho profissionais capacitados.

 

Qual deve ser o perfil desse tipo de profissional?

O técnico em eletrotécnica é responsável por lidar com tarefas ligadas diretamente à manutenção, tais como planejamento, análises e teste de sistemas elétricos. Ele também atua na distribuição e transmissão de energia elétrica, além de muitas outras atividades relacionadas à área de atuação.

 

VEJA TAMBÉM

 

Dicas do curso de eletrotécnica

São muitas as instituições que disponibilizam estes cursos, segue abaixo algumas muito mais conhecidas: FAATESP, SENAI, CEFET, FACULDADE OSWALDO CRUZ, SENAI, CEFET, TECPUC, FATEC, ETC e ETRR

Veja no link os cursos oferecidos pelo PRONATEC, você pode consultar as vagas disponíveis.

 

Como está o mercado de trabalho dessa área

O mercado de técnicos está em alta no Brasil. Um estudo do Senai mostra que depois de aproximadamente um ano de formado, o salário desses profissionais aumenta cerca de 24%. Nos próximos dois anos, só a indústria vai solicitar cerca de 5,5 milhões de trabalhadores de nível técnico.

Profissionais com qualificação saem na frente no mercado de trabalho nesse segmento, por isso, escolham bem a instituição onde cursarão o técnico em eletrotécnica.

 

Quanto ganha um eletrotécnico?

Para quem pensa em fazer o curso de eletrotécnica, o salário do técnico em eletrotécnica varia entre R$1.151,00 e R$8.019,00. Tudo isso depende de acordo com a especialidade de cada candidato. Vejam alguns desses salários específicos a seguir.

  • Técnico em Eletrotécnica – Salário inicial:  R$3.060,00.
  • Tecnólogo em Eletrotécnica – Salário ou remuneração média: R$1.587,00.

 

curso de eletrotécnicaA pesquisa feita pelos sindicatos desses profissionais afirma que há muitas variações entre os salários desses profissionais. O que faz essa variação salarial é a área de atuação do eletrotécnico.

Em muitas áreas técnicas, os salários são superiores aos de profissionais com formação superior no estado de São Paulo. Um profissional de nível técnico em metalurgia recebe em média R$2.666,33, um técnico em construção civil R$2.117,27, para um técnico de produção de indústrias químicas, refino de petróleo, petroquímicas, gás e afins a remuneração é de R$1.967,39.

Para os técnicos de apoio à bioengenharia, o salário médio é de R$2.045,18, para técnicos mecânicos (ferramentas) de R$2.097,38, para os técnicos em mecânica de veículos R$2.012,98, e para os técnicos em desenvolvimento de sistemas e aplicações o salário médio é de R$2.077,70. Todos esses dados fazem parte de um estudo feito pelo SENAI.

 

Para fazer uma comparação, a pesquisa mostra também que os profissionais com formação superior estão ganhando menos que os profissionais de nível técnicos. Os farmacêuticos, por exemplo, recebem R$2.099,90, os fisioterapeutas R$1.686,83, os nutricionistas R$1.616,37, os professores, mesmo de nível superior, na educação infantil têm salário de R$1.116,92, os professores com nível superior do ensino fundamental têm remuneração de R$1.197,84, os professores do ensino médio de R$1.051,53 e os professores do ensino profissional de R$1.555,02.

Aproveitem nossas dicas, faça curso de eletrotécnica e entre no mercado de trabalho, não percam tempo.

Compartilhe

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz

Mostrar
Ocultar