O chaveiro é o profissional responsável pela fabricação de cópias de chaves, realizar manutenção em sistemas de fechaduras, trocar segredos de cofres e vender equipamentos de segurança (cadeados, travas, cofres, chaves personalizadas entre muitas outras coisas). Para se tornar um profissional desse ramo é necessário uma formação especifica na área através de um curso de chaveiro. Cursos profissionalizantes e cursos livres são de grande ajuda para se tornar um chaveiro.

Contudo, não há a necessidade exigida para ser um chaveiro. Até porque muitos desses profissionais aprendem na prática esse ofício. Entretanto, quanto maior a especialização e atualização profissional que o chaveiro tiver, maior o leque de serviços que poderá prestar. Portanto, fazer um curso de chaveiro pode ser um diferencial de trabalho e aumentar as possibilidades de lucro.

 

Curso de chaveiro – A evolução das chaves

A tecnologia influenciou muito essa profissão nos últimos anos, por isso, a especialização também pode ajudar no processo de trabalho. O aprimoramento tecnológico aprimorou e sofisticou a confecção de chaves, surgiram às chaves codificadas, com comandos eletrônicos e o empresário não ficou atrás.

Além disso, esse tipo de serviço mais aprimorado, proporciona lucros maiores. As chaves codificadas são mais caras para serem vendidas, quanto mais sofisticado for o sistema, mais lucro o chaveiro terá. Pois, enquanto uma chave simples é vendida por R$ 5, uma codificada custa de R$ 100 a R$ 2 mil.

A chave codificada é muito mais lucrativa que o serviço comum de um chaveiro.  Pois, existe uma tecnologia em cima disso que agrega valor ao trabalho do profissional. Portanto, fazer um curso de chaveiro pode ser ideal não só para aqueles que querem aprender a profissão, mas, também, para os profissionais que querem se atualizar sobre as modernidades e avanços tecnológicos da área.

 

Quais são as qualidades exigidas para se tornar um chaveiro?

As principais características desse tipo de profissional, são:

  • Primeiramente; ser confiável!
  • Ter responsabilidade;
  • Ter Agilidade;
  • Flexibilidade;
  • Dinamismo;
  • Pontualidade;
  • Disponibilidade para trabalhar 24 horas por dia (as emergências nem sempre acontecem no horário comercial);
  • Ser detalhista;
  • Paciência;
  • Capacidade de concentração;
  • Atualização constante;

 

Veja também:

 

Como montar um negócio como chaveiro?

curso de chaveiroEm 99% dos casos, os chaveiros aprendem o ofício na prática, seja com outros profissionais mais experientes na área ou mesmo praticando por conta própria. Porém, uma grande sugestão para aqueles que desejam ter um conhecimento maior na profissão e ganhar um grande destaque neste ramo de atividade, é fazer um curso de chaveiro.

Hoje em dia o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) disponibiliza cursos deste tipo em algumas cidades brasileiras e pela internet você também conseguirá encontrar cursos de chaveiro online. Nesse tipo de curso, vocês poderão aprender a profissão e obter seu certificado e assim se tornar um profissional na área e ser talvez um empresário de sucesso.

Com isso, procure observar se existe uma boa procura por serviços desse tipo no seu bairro e/ou sua cidade. Olhe também quais são seus concorrentes e como poderá se diferenciar ao abrir as portas da sua empresa.

Depois de ter feito seu curso de chaveiro ou trabalhado na área vem uma das primeiras barreiras quando você decidir montar seu próprio negócio na prática será a escolha de um ponto comercial. Desde o início é importante visar locais com uma boa circulação de pedestres, com facilidade de acesso ao estabelecimento e espaço suficiente para realizar o trabalho.

Depois, poderá comprar um balcão de atendimento com vidro para expor vários tipos de chaves ao qual trabalha e assim dividir o espaço interno do seu chaveiro entre local de trabalho e atendimento ao cliente.

Contudo, existem alguns pontos móveis para chaveiros. Uma espécie de cabine mais simples que podem ser dispostas em pontos estratégicos. Esse talvez seja o melhor método para se iniciar na profissão.

 

Equipamentos necessários para exercer a profissão de chaveiro

Não tem como montar um negócio sem dinheiro, até porque a maior parte do seu investimento irá ficará por conta dos equipamentos de trabalho que você precisará comprar, sabemos que não basta apenas fazer um curso de chaveiro e pronto.

Será preciso comprar muitas ferramentas de trabalho e produtos para começar seu negócio. Então, fizemos a seguinte lista de itens iniciais e indispensáveis para começar a exercer a profissão. Confiram:

  • 2 Maquinas de copiar chaves
  • Um Torno profissional (Morsa)
  • Esmeril
  • Furadeira
  • Jogo de chaves
  • Outras ferramentas como lima, martelo e alicates
  • Chaves virgens para trabalhar

 

Quanto ganha um chaveiro?

Não há como falar em uma renda fixa para o chaveiro em média, pois a remuneração nesta profissão depende de inúmeros fatores dos quais podemos citar: se o ponto é próprio ou não, tempo de atuação, tamanho da cidade (capital ou interior), serviços oferecidos, horários de funcionamento, etc. Mas, para a maioria dos profissionais da área, é um negócio muito rentável.

Nas cidades grandes, no primeiro ano de negócio, a renda pode variar de R$ 1.500,00 a R$ 5.000,00 (já descontados gastos, custos com o ponto, funcionário, entre outros).

Há algum tipo de exigência para exercer a profissão de chaveiro e depois de feito o curso de chaveiro?

Em empresas pequenas, um aprendiz de chaveiro poderá aprender a profissão apenas observando ou trabalhando ao lado dos veteranos, atuando como auxiliar e o salário não ultrapassa um salário mínimo para o aprendiz.

Em algumas empresas de médio e grande exige-se ensino médio completo e o curso de chaveiro. Além disso, muitos patrões contratam apenas pessoas que possui seu veículo próprio (quase sempre, motocicleta). Alguns casos os empregadores, como bancos e seguradoras, mantêm suas respectivas equipes de chaveiros em regime de plantões.

Na venda de seguros residenciais e de automóveis, estas agências oferecem serviços 24 horas para os clientes, sendo necessário possuir profissionais à disposição em qualquer momento do dia ou noite.

 

Dicas de cursos para se tornar um chaveiro

Existe o curso de chaveiro presencial e online e em geral são bastante dinâmicos e rápidos: algumas escolas, em alguns casos, capacitam para a profissão em apenas 24 horas de aulas. Muitas delas oferecem kits de reparos para os alunos já matriculados. O valor varia entre R$ 200 e R$ 1.000 (os cursos virtuais são mais baratos).

Confiram agora a nossa dica de alguns cursos de chaveiros para se fazer através da internet, alguns pagos e outros totalmente gratuitos. Não percam tempo e escolham logo o seu!

Cursos online SP

SEBRAE

Prime cursos

Instituto universal brasileiro

 

Aproveitem nossas dicas, façam os cursos e entrem no mercado de trabalho, não percam tempo.

Esperamos que tenham gostado, até a próxima!

recomende aos amigos

Sobre Autor

Silvio Smarca

Silvio Smarca é o fundador do GuiadeCursosOnline, um site de educação que procura os melhores cursos on-line sobre qualquer assunto. Alunos de todo Brasil poderão usá-lo para melhorar suas habilidades.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz